Por que as redes sociais não substituem os sites?

Labosoft

Com a popularização das redes sociais como ferramenta de divulgação e de aproximação das empresas, é muito comum se deparar com marcas que optam por criar estratégias de marketing digital voltadas apenas para as redes sociais, sem pensar na criação de sites.

Apesar da praticidade essa porém é uma prática considerada errada, já que as redes sociais são ferramentas que tem como principal objetivo a divulgação e não devem ser usadas para substituir as funções de um site.
[Read more…]

Aplicativo que revela quem te deletou sai do ar

LABOSOFT
O criador da ferramenta Who Deleted Me, Anthony Kuske, confirmou na terceira semana de Julho a desativação de seu aplicativo, menos de um mês depois o seu lançamento para testes.

O app que tinha como principal função mostrar aos usuários do Facebook quem da sua lista de amigos havia lhe excluído ou deletado o perfil foi desativada por violar as políticas de privacidade da rede social.
[Read more…]

Brasileiros são primeiros no consumo de notícias pela internet

Labosoft

O Reuters Institute for the Study of Journalism realizou uma pesquisa mundial da qual analisou o comportamento dos internautas ao redor do mundo.

Intitulada Digital News Report, o estudo usou uma base de mais de 20 mil entrevistas em diferentes países e apontou que 70% dos brasileiros usam a internet como fonte de notícias. [Read more…]

Promoted Tweets: conheça a novidade da micro rede

LABOSOFT

Quando se houve dizer que a publicidade está em todo lugar não é exagero, já que até os poucos espaços que se resguardam começaram a se render a esse universo. É o caso do Twitter, o micro blog conhecido mundialmente e que passou a disponibilizar espaço para tweets patrocinados.

O Promoted Tweets, como são conhecidos, tem a finalidade de divulgar marcas e produtos para seguidores das quais antes não tinha alcance. [Read more…]

Algoritmo de reconhecimento de rosto no Facebook deve evoluir

LABOSOFT

Se você faz parte da maior rede social da atualidade, o Facebook, já deve ter reparado na funcionalidade que reconhece os rostos dos seus amigos nas imagens postadas.

Essa ferramenta, presente na rede há um bom tempo, utiliza um algoritmo de reconhecimento facial muito avançado que deverá, em um futuro muito próximo, reconhecer as pessoas nas imagens até mesmo quando elas estiverem com os rostos tampados. [Read more…]

Brasileiros passam a acessar as redes com maior frequência aos fins de semana

14 Dec 2012, Hamburg, Germany --- Creative / Feature: Facebook iPhone mobile app icon. --- Image by © Hoch Zwei/Corbis

O Scup, ferramenta líder de monitoramento, gestão e análise de mídias sociais divulgou essa semana uma pesquisa a respeito do padrão de comportamento dos usuários brasileiros nas redes sociais.

Realizado no ano de 2014, o estudo apontou uma mudança no comportamento dos internautas, que deixaram de acessar as redes com maior frequência aos fins de semana. De acordo com a análise foram mais de 170 milhões de posts publicados nas três principais redes de interação do mundo virtual, Facebook, Twitter e Instagram sendo que os picos de interação acontecem em dias úteis.

De acordo com os representantes da ferramenta, o principal motivo para essa mudança de conduta em relação ao ano anterior, é a popularização de outras plataformas de acesso além da facilidade de navegação através do 3G e 4G.

A pesquisa mostrou que no Facebook, por exemplo, os melhores dias de acesso passaram a ser as terças e quartas com 16% a mais de menções. O horário de pico, porém, ainda continua sendo as quartas-feiras com aproximadamente 800 mil postagens das 11h às 12h.

Assim como a empresa de Mark Zuckerberg, o Twitter também apresentou uma diminuição de mensagens postadas durante os finais de semana. A pesquisa mostrou que o microblog têm maior movimento no período noturno às terças e quartas – Quando ocorrem os jogos de futebol.

Além dessa mudança de comportamento, o estudo também mostrou que os brasileiros estão postando mais. Só o Facebook obteve um aumento de 144% em postagens com relação ao ano anterior, já no Twitter o aumento foi de 59%.

Para os representantes do Scup, o resultado aponta o desafio das empresas em manter a atenção dos internautas, já que os feeds estão cada vez mais cheios de informações, além de direcioná-las a caminhos que se adaptem ao novo perfil dos usuários.

Fonte: Scup